Aquilo que Dana White mais temia, aconteceu. A menos de um mês do UFC 180, marcado para o dia 15 de novembro na Cidade de México, o astro mexicano e detentor do cinturão dos pesados Cain Velásquez sofreu lesão no joelho e está fora do evento. Aquele que será o primeiro evento do UFC no México, acontecerá sem o maior astro mexicano do MMA. Os mexicanos terão de se contentar com a luta entre o brasileiro Fabricio Werdum e o neozelandês Mark Hunt – chamado ás pressas para substituir Velásquez. A luta entre os dois será pelo cinturão interino dos pesados, uma vez que Velásquez – que não luta desde outubro de 2013 – ficará fora até meados de 2015.
Em comunicado oficial divulgado pelo UFC, o atual campeão dos pesados não escondeu sua decepção por ficar fora do evento inaugural do UFC no México.
– Eu estou incrivelmente decepcionado. Dizer que eu estava ansioso para lutar no México pela primeira vez é pouco. Eu queria demais lutar em minha terra, mas infelizmente não era para ser. Vou tratar do meu joelho e tentar voltar aos treinos o mais rápido possível. Sinto pelos fãs do México que estavam esperando por esta luta, mas espero pelo menos poder comparecer e prestigiar este evento histórico. – declarou Cain.
Ao comentar sobre a mudança de adversário, Werdum mostrou decepção mas garantiu estar pronto para o novo desafio, diante do neozelandês Mark Hunt.
– Eu fiquei triste. Queria lutar contra o Cain, estava focado nesta luta. Todos sabemos o quanto ele é duro, é um campeão e seria um desafio muito legal para mim, mas fazer o quê? Todos estamos sujeitos a lesões. Aconteceu, agora não tem o que fazer. Apesar disso, meu foco continua no cinturão. Meu foco agora está em Mark Hunt. – afirmou o brasileiro.
Werdum, que vem de quatro vitórias consecutivas na organização, comentou sobre o novo oponente, que é famoso por ter a mão pesada, mas já foi finalizado seis vezes. Por conta disso e da especialização de Werdum em Jiu-Jitsu, o brasileiro é considerado o grande favorito, mas ele prefere manter os pés no chão.
– Eu não subestimo ninguém. Eu sempre acompanhei as lutas do Hunt, é um cara duríssimo. É gente boa, mas vamos ter que lutar. – analisou o brasileiro.

09

Fabricio Werdum enfrenta Mark Hunt pelo cinturão interino dos pesados no México (Foto: UFC)

Werdum e Hunt se enfrentam por título interino dos pesados
Votar