Fabricio Werdum lutou com autoridade para conseguir uma grande vitória diante do gigante americano Travis Browen por decisão unânime dos jurados. Com o resultado, Werdum deve agora disputar o cinturão. Antes da luta, o presidente do UFC, Dana White havia dito que o vencedor deste combate lutaria com Cain Velasquez, detentor do cinturão dos pesos-pesados. Após cinco rounds, o juízes deram vitória do brasileiro. (49 a 46, 50 a 45 e 50 a 45) A luta aconteceu na madrugada de sábado, em Orlando, na Florida (EUA).

O veterano brasileiro lutou muito bem e se mostrou melhor do que o americano tanto em pé como no chão. Com trocações ágeis, Werdum mostrou também que está com o fôlego em dia, aguentando os cinco rounds com facilidade. Esta é a quarta vitória seguida de Werdum no Ultimate. Antes de derrotar Browne, o gaúcho passou por Roy Nelson, Mike Russow e Rodrigo Minotauro. Já Browne vinha embalado de vitórias empolgantes diante de Gabriel Napão, Alistair Overeem e Josh Barnett.

Werdum terá a chance de disputar o cinturão dos pesados

No Co-Main event da noite, a americana Miesha Tate venceu sua compatriota Liz Carmouche por decisão unânime dos jurados. Foi a primeira vitória de Tate pelo UFC, ela havia sido derrotada por Cat Zingano e pela campeã Ronda Rousey. Outra luta notável da noite foi entre o brasileiro Edson Barboza e o americano Donald Cerrone. No duelo valido pelos peso-leve, o americano surpreendeu ao finalizar Barboza com um mata-leão ainda no primeiro round. Pelo card preliminar, Thiago “Pitbull” Alves venceu Seth Baczynski por decisão unânime dos jurados. Outro brasileiro que brilhou no final de semana foi Caio Monstro. O peso-médio cearense atropelou o estreante Luke Zachrich em apenas 44 segundos de luta. Agressivo desde o início do combate, o brasileiro acertou golpes potentes no americano para conseguir sua terceira vitória consecutiva no UFC.

Werdum luta bem e vence Browne com facilidade
Votar