Atual campeão dos meio-médios no UFC, o americano Tyron Woodley defendeu no mês passado o seu cinturão pela terceira vez consecutiva, sempre com sucesso. Apesar disso, ainda há quem duvide do “Chosen One”, que vem sendo criticado por amarrar demais as lutas. Já a procura de novos postulantes ao título, Dana White deixou no ar a possibilidade de dar uma nova chance a Robbie Lawler, ex-campeão da categoria. O próprio Tyron Woodley, no entanto, não se mostrou muito empolgado com a ideia de Dana.

Ainda não me passaram nada sobre uma possível luta com Robbie Lawler. Ele ficou parado por quase um ano e venceu uma luta por muito pouco. Teve gente que achou inclusive que ele perdeu aquela luta (contra Donald Cerrone). Eu acho que ele precisa vencer mais uma antes de começarem a falar sobre eu enfrentá-lo. Não houve polêmica naquela primeira luta, ele não acertou um único soco. Robbie foi nocauteado em tempo recorde e tirou um ano de folga. A performance dele no sábado não o faz merecedor de uma disputa por título. – declarou Tyron Woodley.

Tyron Woodley falou também sobre Stephen Thompson, que já teve duas chances de derrotar o campeão, mas acabou falhando nas duas.

Ele terá de andar sobre a água para conseguir uma nova chance contra mim. Ele já teve duas chances e não é nem todo mundo que recebe duas oportunidades. Thompson teve duas chances de mostrar que era melhor, mas falhou nas duas. Não faz muito sentido enfrentá-lo novamente. – completou o campeão.

Tyron Woodley sela as pazes com Dana White

Woodley duelo Lawler

Depois de ameaçar vazar informações sigilosas sobre Dana White, por conta das fortes críticas que recebeu do chefão do UFC, o campeão dos meio-médios, Tyron Woodley, parece ter se acalmado e garantiu que selou as pazes com o chefe. Apesar de afirmar que os dois “conversaram como homens” e se entenderam, o campeão continua achando que White deveria se desculpar publicamente pelas críticas que fez a ele, por conta de uma performance muito abaixo do esperado em sua última luta, diante de Demian Maia.

Teve alguma discussão. No fim da conversa, eu me senti confortável. Foi positivo. Dois homens podem conversar no telefone e não concordar em tudo, mas pelo menos se respeitarem. Eu continuo achando que ele deveria se desculpar publicamente, mas eu não vou ficar esperando isso acontecer. A conversa terminou com respeito e esse era o objetivo. Dana sabe o que é falar sobre emoção. Eu também fiquei louco e coloquei a emoção para fora. – disse Tyron Woodley em entrevista ao canal americano ESPN.

Campeão dos meio-médios do UFC, Tyron Woodley foi criticado por Dana White e por muitos fãs por conta da atuação abaixo do esperado em sua última luta, quando venceu Demian Maia por pontos. O americano disse entender as críticas, mas afirmou ter lutado com o ombro machucado contra o brasileiro.

Eu luto com uma estratégia, mas às vezes você recebe um alerta. Tive um nessa luta. Poderia ter nocauteado, mas o meu ombro não me deixaria aplicar o overhand da maneira correta. Tive que escutar esse alerta. – defendeu-se o campeão.

Foto: Tyron Woodley falou sobre quem poderia ser o seu próximo adversário no UFC.

Woodley esfria possibilidade de duelo com Lawler
Votar