yoel-romero

Foto: Romero surpreendeu com um nocaute arrasador na Flórida. (Foto: UFC)

O cubano Yoel Romero surpreendeu no último sábado ao nocautear o ex-campeão dos meio-pesados, Lyoto Machida e conquistar a sua vitória mais expressiva até aqui. O triunfo evidenciou o bom momento do cubano, que chegou a sexta vitória consecutiva e também o mau momento do brasileiro, que foi derrotado pela terceira vez nas últimas quatro lutas.

O duelo entre os dois foi o Main Event de mais uma edição do UFC Fight Night, desta vez disputado em Hollywood, Flórida. Após dois rounds equilibrados e de pouca ação, o cubano partiu para cima no terceiro round e nocauteou Lyoto Machida de forma espetacular. Mais forte fisicamente, o cubano derrubou o brasileiro com um golpe de judô. Já no chão, aproveitou para se manter por cima e desferir uma série de cotoveladas no rosto do brasileiro.

De maneira impressionante, Romero nocauteou Lyoto, que permaneceu no chão após a intervenção de Herb Dean, com muitas dores no rosto. O castigo foi tanto que Lyoto saiu do combate com uma suspeita de fratura no nariz.

Após a impressionante vitória, o estático Romero pulou as grades pare celebrar com a sua equipe. Na entrevista pós-luta, ainda no octógono, tratou de elogiar Lyoto Machida.
– Tenho um enorme respeito ao Lyoto Machida. Queria essa luta porque ele é uma lenda do esporte, é um lutador muito duro. – garantiu o cubano.
Com a vitória – a sexta consecutiva – Yoel Romero, de 38 anos, chegou a nove vitórias e apenas uma derrota como lutador profissional de MMA. Por sua vez, Lyoto Machida, de 37 anos, foi derrotado pela sétima vez em 29 lutas na carreira.

Pelo Co-Main Event da noite, Lorenz Larkin nocauteou o argentino Santiago Ponzinibbio no segundo round. Antes disso, o brasileiro Antônio “Cara de Sapato” finalizou Eddie Gordon no finalzinho do terceiro round. Na luta mais espetacular da noite, o brasileiro Thiago Marreta nocauteou com apenas 29 segundos de luta, de maneira espetacular, o canadense Steve Bossé. Na primeira luta do Card Principal, Hacran Dias venceu Levan Makashvili pela decisão dividida dos juízes.

Yoel Romero nocauteia Lyoto Machida na Flórida
Votar